Noticias Recentes

Vice-governador...

Vice-governador pede rigor aos estudantes universitário na província

ISPM DE MÃOS DADAS COM A INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA

Associação de Estudantes Do Instituto Superior Politécnico de Malanje realiza mais uma edição do Sábado Científico.

No pretérito dia 19 de Maio do ano em curso a Associação de Estudantes do Instituto Superior Politécnico de Malanje realizou mais uma edição do Sábado Científico, uma atividade que, de entre outras personalidades, contou com a presença do Director Adjunto para os Assuntos Científicos do ISPM, Sua Excelência Dr. André Roberto Mampumbu(à direita na fotografia), em representação do Digníssimo Director Geral do ISPM, Doutor Eduardo Ekundi Valentim, tendo como lema, “Consolidemos o Espírito de Pesquisa no seio dos estudantes”. A Biblioteca Rainha Nginga N´bandi, também conhecida como Biblioteca Provincial de Malanje foi o palco escolhido para a realização desta edição do Sábado Científico.

Na senda da materialização das actividades programadas para o presente ano lectivo, a Associação de Estudantes do Instituto Superior Politécnico de Malanje afecto à IV Região Académica realizou mais uma edição do Sábado Académico, onde estudantes dos três cursos expuseram temas, frutos das suas investigações, guiados por seus tutores.Para este ano, os cursos em causa apresentaram os seguintes temas:

  1. Nível de conhecimento dos estudantes do Curso de licencenciatura em Enfermagem sobre o VIH.

    Curso de Licenciatura em Ciências da Enfermagem foi representado pelos estudantes Lembrança Capemba e Leonel André

  2. Obtenção de acetileno a partir da hidrólise de carboneto de cálcio no laboratório do ISPM e Aproveitamento de refugos.

    O curso de Licenciatura em Ciências Farmacêuticas, representado pelos estudantes Alberto Quingunza e Pedro Carlos, apresentou o tema.

  3. O Papel Da Família No Tratamento Do Doente Mental.

    O curso de Licenciatura em Psicologia Clínica, representado pelos estudantes Francisco Camuege e Gileza Neto.

Durante a entrevista, os presentes expuseram os seus pontos de vista, o que convergiram nos mais variados pontos. Para a Dra. Regina Cabral, Chefe do Gabinete do Director Geral, o lema é bastante actual e importante, pois ajuda na obtenção de maior rigor na dissertação de trabalhos congéneres. “Já se nota um certo avanço, mas é desejo do ISPM melhorar o trabalho dos estudantes. Já para o estudante Pedro Carlos José do curso de Ciências Farmacêuticas, ter representado o seu curso é uma grande valia, pois pôde expor o que aprendeu e obteve mais experiência. Esta dinâmica ajuda a dar a conhecer aos outros estudantes o que se aprende no seu curso, ou seja, permite o intercâmbio de conhecimentos, e para ele, o tratamento dos refugos, ou seja, a sua reutilização, é uma actitude correcta para a protecção do meio ambiente. Segundo o mesmo e todos os representantes dos grupos, a participação dos professores foi notória e de grande responsabilidade para a elaboração dos trabalhos; do lado da Dra. Gelásia Casimiro, docente e Tutora de um dos grupos, ajudar a organizar o Sábado Científico foi bastante proveitoso, pois permitiu uma melhor interacção com os métodos científicos, gerando assim maior competência à cultura estudantil.

Para o Dr. Silvestre da Silva, de um modo geral os grupos estiveram muito bem, não obstante tenha ocorrido alguns desvarios no que toca à perspicácia científica mormente sobre o débil domínio da Língua Portuguesa por parte de alguns integrantes de alguns grupos, tendo prejudicado a qualidade das apresentações, pois não basta o domínio técnico quando se quer transmitir uma ideia, podendo deturpar a qualidade do trabalho. Para colmatar tal deficiência, espera dos professores mais rigorosidade, fazendo-os sentirem-se responsáveis pelos seus erros e maior incentivo na leitura.

Já Félix Josias Upale, o Presidente da AEISPM, defendeu que a realização deste Sábado Cietífico visa essencialmente cultivar o espírito de pesquisa no seio dos estudantes, sendo que para ele esta veia científica deve ser cultivada quando cedo. Sobre a postura científica dos estudantes do ISPM, ainda é um trabalho que deve ser acurado, não obstante seja visível certa manifestação do espírito de pesquisa no seio dos estudantes. Espera também dos Docentes maior contributo para a obtenção deste fim e agradece pela entrega dos Tutores (Docentes) que se disponibilizaram no acompanhamento dos Discentes. Como dificuldades, apontou a carência de espaços para a realização de actividades do género, pois o anfiteatro da Biblioteca que acolheu a actividade manifesta-se como exíguo para albergar todos os estudantes do ISPM. Em todo o caso, caracterizou como positivo o trabalho desenvolvido, sentindo-se feliz pelas lições tomadas.

Não foi apenas a dissertação de temas que marcou este Sábado Científico. Houve momento cultural com música e dança, leitura da mensagem dos estudantes e entrega de diplomas aos Docentes e estudantes que se engajaram na feitura desta atividade.

  • Texto: Damião da Silva – G.I.-ISPM
  • 09/05/2018
  • ISPM